Home » Notícias » Mês Mundial da Conscientização sobre Alzheimer traz dados alarmantes

Mês Mundial da Conscientização sobre Alzheimer traz dados alarmantes

Setembro é o mês Mundial da Conscientização sobre a doença de Alzheimer. Dados da Alzheimer’s Disease International (ADI), apontam que, em 2015, existiam cerca de 46 milhões de pessoas no mundo vivendo com a demência. E o número poderá dobrar a cada 20 anos, chegando a 131 milhões, em 2050. A ADI afirma, ainda, que a cada 3,2 segundos surge um novo caso. Esses dados expressivos apontam para a necessidade de desmistificar e encarar o Alzheimer.

A doença não traz apenas malefícios para o paciente e os familiares. Impacta também na economia. Os custos são divididos em três subcategorias: médicos diretos; com cuidados sociais diretos (profissionais cuidadores, instituições de longa permanência); e de cuidados indiretos. O custo global das demências aumentou de 604 bilhões de dólares em 2010 para 818 bilhões de dólares em 2015, ou seja, houve um aumento de 35,4%.

Os dados sobre o Alzheimer são impactes. Por isso, neste mês de setembro campanhas são criadas para que a população conheça, se informe e ajude quem sofre desse mal. Hoje, a maioria dos pacientes têm acima de 65 anos, mas ela também pode aparecer em pessoas jovens, acima dos 40.

Para este ano, o lema escolhido pela Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz) foi “Alzheimer: eu não esqueço”. Para cuidar, é preciso reconhecer, enfrentar e aceitar a doença e, para tanto, desmistificá-la, lembrando não apenas que ela existe, mas que as pessoas que convivem com ela precisam de ajuda, apoio e orientação.

Para saber mais, acesse a página da ABRAz: https://goo.gl/MAfVtL