Home » Notícias » Nota aos advogados e advogadas assistidos pela Central Nacional Unimed (CNU)

Nota aos advogados e advogadas assistidos pela Central Nacional Unimed (CNU)

Aos advogados e advogadas assistidos pela Central Nacional Unimed (CNU), a CAADF informa que, em 5 de junho do ano corrente, recebeu correspondência do Instituto Brasileiro de Benefícios para Cooperativas e Associações (IBBCA), responsável por administrar benefícios de planos de saúde, informando que o contrato de assistência médica firmado com a Central Nacional Unimed (CNU) sofreria reajuste de 27,98% a partir do mês de junho.

Em meio às negociações para diminuição do reajuste do contrato, a diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados do Distrito Federal foi surpreendida com a informação de que a CNU rescindiu unilateralmente o referido contrato.

Tal medida gera, a partir de 31 de julho de 2019, o fim do atendimento pelas empresas prestadoras dos serviços de saúde aos advogados e advogadas assistidos nos contratos.

A CAADF cumpre com o seu dever de transparência e compartilha todas as informações necessárias aos beneficiários que atualmente são assistidos pela CNU.

Nossa equipe está trabalhando em uma solução para evitar qualquer prejuízo aos advogados e advogadas contratantes e a medida será apresentada nos próximos dias. Do mesmo modo, nosso quadro de profissionais está à disposição para prestar qualquer informação complementar.

Registramos, por fim, que não haverá descontinuidade dos atendimentos médicos em curso.

Eduardo Uchôa Athayde
Presidente da CAADF