Home » Destaques » Palestra em Ceilândia traz tema sobre empoderamento feminino

Palestra em Ceilândia traz tema sobre empoderamento feminino

O evento, realizado em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha, contou com os serviços da Caixa dos Advogados

Foi realizado na última terça-feira (09), na subseção de Ceilândia, a abertura do projeto “Lá em casa quem manda é o respeito”, em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha. No primeiro encontro, a convidada foi a coaching Alice Ribeiro, que apresentou o tema “Empoderamento Feminino”.

Durante o evento, a subseção de Ceilândia contou com o apoio da Caixa de Assistência ao Advogado, que prestou vários serviços às participantes, como cabeleireiro, manicure, massagem e outros.

Segundo o Presidente da subseção de Ceilândia, Dr. Edimilson Francisco de Menezes, a violência doméstica vem, infelizmente, proliferando e esse tipo de projeto vem pra minimizar essa situação que vem ocorrendo. “É um problema que nos deixa preocupados, mas, estamos aqui para conscientizar homens e mulheres sobre o respeito”, explica.

Durante todo o evento, as mulheres puderam desfrutar do cuidado da equipe da caixa de assistência, que ofereceu além de massagem relaxante, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, serviços de manicure e cabeleireiro para todas as presentes.

Para Gessyca, vice presidente da comissão de combate à violência doméstica, essa parceria entre a CAA/DF e a DSC_0254 (800x535)subseção de Ceilândia é muito importante. “Essa interação valoriza a mulher. Não só a advogada, mas a mulher em si. Isso dá força para seguir, é um apoio importante e a gente espera poder contar sempre com isso.”, disse.

A palestra, com Alice Ribeiro, que durou cerca de 1 hora, explicou o que empoderamento feminino, o espaço da mulher na sociedade, além de mostrar que, mesmo com a dupla jornada, as mulheres não precisam abdicar da sua vaidade. Alice explicou que apesar de ser um tema bastante comentado, o feminismo ainda não é bem interpretado pela maioria das pessoas, inclusive as mulheres. “É importante que a mulher saiba o seu lugar na sociedade, o poder que ela tem e o quanto ela pode fazer. A mulher pode tudo. Não há limites!”, disse. 

Após a palestra, houve sorteio de brindes para as participantes, que foram desde pares de brincos até massagens relaxantes para os pés. Um momento de interação e alegria entre todas as mulheres presentes, que trocaram experiências e puderam ter, mais uma vez, a certeza de que a luta pelo espaço na sociedade e pelo respeito não pode parar.

Segundo a presidente da comissão de combate à violência doméstica da OAB/Ceilândia, Dra. Marilia Salerno, esse projeto será realizado, a principio,  em Ceilândia, nas escolas e  na sede da subseção também. “É um projeto, com certeza, muito grande. Temos um calendário com vários eventos durante todo o ano na intenção de atingir o maior número de mulheres possível.”, afirmou.

Ascom – CAA/DF