(61) 3347-0213
Home » Notícias » OAB-DF e CAADF promovem a 29º Corrida da Advocacia

OAB-DF e CAADF promovem a 29º Corrida da Advocacia

A OAB-DF e a Caixa de Assistência do Distrito Federal (CAADF) promoveram neste domingo, 16 de outubro, a 29ª Corrida da Advocacia. A edição deste ano reuniu mais de 640 participantes e marcou a retomada da corrida depois de dois anos de interrupção, em razão da pandemia. O Eixão Norte foi o palco escolhido para 2022. A largada da prova foi dada às 7h, na altura do Setor Bancário Norte, Quadra 2, em frente ao Edifício Sede dos Correios.

Nesta edição, a corrida teve o patrocínio do Hospital Sírio Libanês, da Medhealth, da Brasal e da escola Minds. Também foram apoiadores da 29ª Corrida da Advocacia a DG Fisioterapia, Dasa Exames, Damásio Taguatinga, Escola Brasileira de Pós-Graduação (EBPÓS), Óticas Fluminense e Mais 1 Café.

O presidente da CAADF, Eduardo Uchôa Athayde, destacou o sentimento de satisfação e alegria com a volta da corrida. “É especial poder resgatar este evento depois de tudo que passamos nos últimos dois anos. Para quem organiza, dedica esforços e se propõe a oferecer algo bem feito, ver acontecer é realizador. Claro que a Covid foi um problema grave, com consequências dramáticas, indescritíveis. Perdemos coisas incomensuráveis. Abrimos mão também de pequenos prazeres. Hoje recuperamos um desses. Conseguimos reaver uma de nossas tradições e isso traz uma sensação muito boa”, disse Athayde.

O presidente da OAB-DF, Délio Lins e Silva Junior, parabenizou o trabalho feito por todos os envolvidos na realização da corrida. “Cada um que colaborou com seu empenho aqui merece nosso reconhecimento e o tem. Há um desejo muito forte de todos nós em investir ainda mais esforços na corrida do próximo ano. Além do simbolismo de chegarmos a 30 edições, temos a motivação que os participantes nos transmitem e que nos contagia em querer colocar a Corrida da Advocacia num lugar especial no circuito de corridas de rua do DF, cristalizando sua tradição. Vamos fazer”, afirmou ele.

No horário da corrida, o clima no DF foi parceiro dos atletas e pegou leve no desgaste. O céu incomparável da capital federal e a temperatura amena do início da manhã deram o tom da prova.

Athayde salientou ainda como a corrida funciona para a construção de um ambiente que abrange a prática esportiva, mas não se restringe a isso. “A Corrida da Advocacia não é só sobre competir. Trata-se realmente de criar um espaço amigável, fraternal e saudável. Quem quer competir tem uma oportunidade de se colocar à prova e aqueles que buscam evoluir e se superar, encontram um espaço de competição sadio e seguro para isso. No final, é um barato, as pessoas se divertem e para nós isso é muito legal”, disse o presidente da CAADF.

Neste ano, a Corrida da Advocacia foi disputada nas categorias individual adulto advocacia (masculino e feminino), individual adulto geral (masculino e feminino) e PCD (masculino e feminino). Houve duas opções de percurso, com 5 quilômetros e 10 quilômetros. Houve também a categoria caminhada, com percurso de três quilômetros, que não possuiu distinção de subcategorias por não ser competitiva, somente participação. A Corrida da Advocacia é uma realização da OAB-DF e da CAADF.